Feira de Flores

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

DÁLIA, A FLOR QUE NÃO DÁ TRABALHO

dalia

 

 

Natural do México, a Dahlia é encontrada com vários tipos de pétalas, ou flores, ou inflorescências. Plantadas a pleno sol, as dálias não dão nenhum trabalho e vão bem em todo tipo de solo ou vaso. Mas preferem os fofinhos e ricos em matéria orgânica. A mistura ideal de substrato é uma parte de terra comum, uma parte de esterco de gado bem curtido ou de composto orgânico, e uma parte de areia. Recomenda-se adubar o solo antes do plantio com fertilizantes ricos em potásio, como cinzas de madeira ou torta de mamona, ou mesmo NPK de fórmula 10-10-20, se a opção for por adubos químicos.


As dálias são bulbos, ou plantas de raízes tuberosas, portanto, o que se costuma plantar é simplesmente um tubérculo, ou um pedaço de tubérculo, embora o plantio possa ser feito, também, por mudas ou sementes. O tubérculo deve ser enterrado numa pequena cova de aproximadamente 12 centímetros de fundura, com os “olhos” virados para cima, cubra com terra e regue um pouco. Em 15 dias acontecerá a brotação. As dálias com hastes altas, devem ser plantadas com distância de 1 metro uma das outras, as de menores hastes, de 35 a 50 centímetros.  É recomendável que, quando a planta atingir mais de 15 centímetro de alturas, faça a poda de desbaste nos brotos excedentes, deixando apenas o mais vigoroso.

 

Você está aqui: Artigos DÁLIA, A FLOR QUE NÃO DÁ TRABALHO
Desenvolvido por Fabricando Sites Agencia Web Consultoria Web SEO Hospedagem Informática Advocacia